Associação de Psicologia da UM abre portas em Guimarães em maio (vídeo)

  • Publicado em Cultura

APsi irá desenvolver o seu programa através da prestação de serviços destinados à sociedade civil e comunidade académica. Começa no dia 08 de maio.

A sede da Associação de Psicologia da Universidade do Minho (APsi) em Guimarães foi inaugurada esta quarta-feira, 19 de abril, no piso superior das antigas instalações da CP, no edifício onde atualmente se encontra a “Loja Ponto Já”. A área superior, distribuída por quatro gabinetes e três salas de apoio, é destinada à APsi, que desenvolverá a sua atividade a partir do dia 08 de maio, com um calendário de consultas de segunda a sexta-feira, entre as 09 e as 12:30 horas e as 14 e as 19 horas.

«Este é um projeto de grande utilidade social! As parcerias dão coesão ao território e intensificam a relação da Universidade do Minho com Guimarães», referiu o Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, na cerimónia de inauguração, onde também este presente o Reitor da Universidade do Minho, António M. Cunha, o Presidente da Escola de Psicologia, Paulo Machado, o Diretor Executivo da APsi, Rui Abrunhosa, a vereadora Sameiro Araújo, em representação da Câmara Municipal de Braga, enquanto membro associado, entre outros convidados.

«A APsi é mais um bom exemplo do bom relacionamento com Guimarães. A localização deste edifício simboliza a partida e a chegada de pessoas», metaforizou António M. Cunha, considerando que o projeto permitirá «envolver estudantes em práticas de investigação da Escola com o melhor grupo de psicologia a nível nacional e com reconhecimento internacional, que muito orgulha a Universidade do Minho», acrescentou. Paulo Machado, por sua vez, afirmou que a nova sede permitirá «ajudar a criar a identidade da Associação».

Cooperação institucional

A instituição foi formalmente constituída em setembro de 2016, como associação de direito privado sem fins lucrativos que, em parceria com os Serviços de Ação Social da Universidade do Minho e as Câmaras Municipais de Guimarães e de Braga, promove o desenvolvimento global de pessoas, grupos e organizações, consubstanciando projetos da Escola de Psicologia e dos restantes parceiros no âmbito da interação com a comunidade.

A prestação de serviços realiza-se consoante as valências especializadas que são asseguradas por profissionais especializados no âmbito da Unidade de Desenvolvimento e Psicopatologia, Unidade de Neuropsicofisiologia, Unidade de Psicologia Clínica e da Saúde – Adultos, Unidade de Psicologia Clínica e da Saúde - Crianças e Adolescentes, Unidade de Psicologia Clínica e da Saúde - Perturbações Alimentares, Unidade de Psicologia da Justiça e Comunitária, Unidade de Psicologia da Educação e Vocacional e Unidade de Psicologia das Organizações.


[ Formato Sapo.pt ]

 

[ Formato YouTube.com ]