55 hectares de floresta ardida durante este sábado em Guimarães

  • Publicado em Sociedade
Mais de 120 bombeiros mobilizados

Três incêndios de consideráveis proporções lavraram durante a tarde deste sábado, queimaram 55 hectares de floresta e obrigaram à mobilização de diversos meios das corporações de Guimarães e de concelhos vizinhos.

Os três incêndios tiveram início logo ao princípio da tarde, entre as 13:30 e as 14:55, sendo que o primeiro pedido de socorro surgiu da freguesia de Briteiros Santa Leocádia, onde estiveram no combate às chamas 19 veículos com 38 elementos dos Bombeiros Voluntários das Taipas, que contaram ainda com a colaboração de um meio aéreo e de mais 34 elementos das corporações de Barcelos, Barcelinhos, Voluntários e Sapadores de Braga e Riba de Ave.

Nas primeiras horas da madrugada deste domingo, o incêndio estava já extinto mas permaneciam no local três viaturas com 15 elementos a proceder a trabalhos de rescaldo. Foi contabilizada uma área ardida de aproximadamente 25 hectares.

Menos de uma hora depois do primeiro alerta, pelas 14:23, a corporação taipense era chamada a intervir num outro foco de incêndio que deflagrou na freguesia de Gondomar. Para esta ocorrência foram mobilizados 20 elementos dos Voluntários das Taipas e de Barcelos. Após os trabalhos de rescaldo foram contabilizados cerca de cinco hectares de área ardida.

Logo de seguida, pelas 14:55 horas, era a vez dos Bombeiros Voluntários de Guimarães serem chamados a intervir num incêndio que lavrava perto da Rua do Souto, na Freguesia de Selho São Cristóvão.

No combate às chamas estiveram 22 elementos da corporação de Guimarães, com sete viaturas e 12 elementos e cinco viaturas dos Voluntários de Vizela. Os trabalhos foram dados por concluídos às 23:55 horas e foi contabilizada uma área ardida de 25 hectares de floresta, sendo metade mato e metade eucalipto.

FOTOS: Isaías Gomes