Câmara engloba associações na homenagem à vida e obra de Zeca Afonso

  • Publicado em Atualidade
Durante oito dias

São oito dias preenchidos de eventos. As Comemorações da Liberdade, em Guimarães, iniciam no dia 24 de abril e estendem-se até ao Dia do Trabalhador (1 de maio) celebrando a vida e obra de Zeca Afonso, numa organização conjunta da Câmara Municipal de Guimarães com as associações Cineclube de Guimarães, Convívio, Circulo de Arte e Recreio, CICP e Associação José Afonso. 

"Tudo isto só faz sentido através de um trabalho de cooperação e colaboração", salientou a vice-presidente da Câmara Municipal e vereadora da Cultura, Adelina Pinto, na sessão de apresentação do programa "Abril com Cantigas do Maio", que decorreu esta segunda-feira, 16 de abril, na Casa da Memória. Adelina Pinto fez alusão ao mês de abril e a Zeca Afonso numa relação de "afetos", especialmente no que toca aos vimaranenses, fruto da história que foi evidenciada pelos participantes nesta sessão. Foi precisamente em Guimarães que Zeca Afonso participou num dos seus últimos espetáculos.

A decisão do Município em envolver as associações num programa amplo e global "é sinal de humildade e maturidade", constatou o presidente da direção da Associação Convívio, César Machado, que esteve acompanhado de Torcato Ribeiro (CICP), Carlos Mesquita (Cineclube) e Jorge Cristino (CAR), em representação das associações de Guimarães.

A vice-presidente da autarquia destacou a união das associações com o objetivo de "valorização do trabalho local e com qualidade", acrescentando ainda o caminho da "descentralização cultural" ao alastrar as iniciativas culturais pelo território concelhio, através do programa Excentricidade.

É precisamente com o mote dos "Sons da Liberdade" que, em Guimarães, volta-se a festejar de 24 para 25 de abril a Revolução dos Cravos, com a Sociedade Musical de Pevidém, os Coros vimaranenses e o Cineclube de Guimarães. Zeca Afonso está sempre presente. Assim, comemora-se o cantor, o poeta e o lutador.

O programa passará pelas casas associações, dos organizadores e dos parceiros (Sociedade Martins Sarmento e Paço dos Duques de Bragança), pelo Centro Cultural de Vila Flor e pelos palcos da cidade em espaço público. Serão diferentes abordagens artísticas, com diferentes sensibilidades, da música tradicional à clássica, do jazz ao cinema.  

"Abril com Cantigas do Maio" termina com um debate, registando a participação de grandes nomes da vida de Zeca Afonso e o encerramento da exposição "Geografias de uma vida", com momentos que recordam a passagem de José Afonso por Guimarães.