Câmara de Guimarães reforça apoio no acesso a medicamentos para munícipes carenciados

  • Publicado em Atualidade

A Câmara Municipal de Guimarães vai alargar a atribuição do apoio aos munícipes carenciados no acesso a medicamentos, no âmbito do "Programa Abem: Rede Solidária do Medicamento", extensivo a mais 200 beneficiários, num custo de 20 mil euros assumido pelo Município.

Este programa, assinado em março de 2018 entre o Município de Guimarães e a Associação Dignitude, tem por objetivo garantir o acesso ao medicamento, em ambulatório, por parte de qualquer cidadão que se encontre numa situação de carência económica que o impossibilite de adquirir os medicamentos comparticipados que lhe sejam prescritos por receita médica, e a sua operacionalização está essencialmente alicerçada na capacidade e logística da rede das Farmácias Portuguesas.

Tendo em linha de conta que a adesão a este programa excedeu as expetativas, estando atualmente já atribuídos os 100 cartões iniciais e registando-se 146 pedidos de cartão em lista de espera, foi aprovado em reunião do Executivo Municipal – do passado dia 13 de dezembro — este alargamento a mais 200 beneficiários.

O processo afigura-se muito vantajoso para os beneficiários na medida em que cada pessoa pode, autonomamente, dirigir-se a uma das farmácias aderentes e adquirir a respetiva medicação, sem necessidade de apresentação de orçamentos, e sem tempo de espera. Esta comparticipação na totalidade das necessidades de aquisição de medicação apenas é possível porque fica a cargo do Fundo Solidário ABEM, competindo ao Município a contribuição com 100 euros anuais por beneficiário.