Reabilitação do Fontanário do Arquinho promove a defesa do património concelhio

  • Publicado em Atualidade

Domingos Bragança esteve presente na inauguração da requalificação do Fontanário do Arquinho, em Moreira de Cónegos, no âmbito das cerimónias do 24 de junho de 1128.

A construção do Fontanário do Arquinho, em Moreira de Cónegos, por iniciativa da Comissão de Moradores, data de 1979. Este tem sido um local de encontro das gentes do Arquinho, constituindo-se como património relevante da memória de um povo e de um lugar. Esta manhã, Domingos Bragança presidiu à cerimónia oficial de inauguração da requalificação do Fontanário, uma cerimónia integrada nas comemorações do 24 de Junho de 1128, Dia Um de Portugal.

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal, cumprimentou em especial o povo do Lugar do Arquinho, e toda a população de Moreira de Cónegos, dando relevo às palavras do Presidente da Junta de Freguesia, António Brás, que referiu serem os fontanários a "expressão da alma de um povo". Domingos Bragança fez questão de dizer que a defesa do património é fundamental para que o passado possa ser tido em consideração na construção de uma sociedade sensível para as questões ligadas à memória e à história dos lugares, condição fundamental para um futuro cada vez mais responsável. As questões da proteção do ambiente, e da água no caso particular, foram mencionadas como "importantes para definir o futuro do nosso planeta". O Presidente da Câmara voltou ao tema da necessidade de olharmos com muita atenção para os nossos cursos de água e suas margens, para o bem da defesa do património natural. "Este momento é revestido de enorme simbolismo, pois estamos perante um momento inspirador, como inspiradora foi a fundação de Portugal, que estamos a celebrar", concluiu.

António Brás, Presidente da Junta, referiu a importância do povo do Lugar do Arquinho: "sem este povo, Moreira de Cónegos não tinha a dimensão que tem". Na opinião de António Brás, o que é do povo deve ser elevado. O Presidente da Junta mostrou-se grato à Câmara Municipal de Guimarães e ao seu presidente pela atenção dada às questões essenciais de Moreira de Cónegos.

O requalificado Fontanário do Arquinho, cujo requalificação rondou os 8.300,00€, foi abençoado pelo Padre António Matos Pereira, que referiu a importância da água como "fonte de vida".