Mulher processa Google Maps após ser atropelada

  • Publicado em Atualidade

Uma mulher americana foi atropelada depois de seguir uma rota indicada pelo... Google Maps!

Lauren Rosenberg seguiu as indicações do Google Maps que a levou para uma estrada sem passeio. A rota perigosa, indicada pelo navegador, levou a que a mulher fosse atropelada.

Revoltada com o Google, a mulher decidiu processar a empresa depois de os avisar do acontecido. Lauren Rosenberg diz que não apareceu nenhuma advertência para o facto da estrada não estar habilitada para os peões apesar de na aplicação normal essa advertência aparecer.

A mulher estava a utilizar o Google Maps no Blackberry, onde tal não acontece, por isso reclama 100 mil dólares à Google pela responsabilidade do atropelamento.