Ação de sensibilização nas escolas de Guimarães para a recolha seletiva de resíduos (vídeo)

  • Publicado em Educação
Campanha arrancou esta quinta-feira

O lançamento da Campanha de Recolha Seletiva decorreu esta quinta-feira, 11 de outubro, na EB1 do Alto da Bandeira, em Creixomil, com as presenças das vereadoras da Educação e do Ambiente, Adelina Pinto e Sofia Ferreira, respetivamente.

A iniciativa é desenvolvida pelo Município de Guimarães e a Resinorte, englobando 75 escolas do concelho onde serão colocados ecopontos e ainda 650 ‘ecobags’ em todas as salas das escolas.

O projeto de Campanha de Recolha Seletiva nas Escolas, segundo Adelina Pinto, “é sinal que o ambiente é uma visão estratégia da Câmara Municipal de Guimarães, tal como sucedeu no anterior mandato”. A vice-presidente e vereadora da Educação reforçou o objetivo do desenvolvimento sustentável, considerando que “através das crianças e pela educação é possível mudar o mundo”. Destacou a mensagem a passar às famílias, “porque as crianças são as primeiras a mudar hábitos e são muito perseverantes” despertando os próprios pais para as questões da “reciclagem e até da mobilidade”. Neste contexto, Adelina Pinto apontou que “Guimarães, enquanto Cidade Educadora, assume um conceito real numa lógica transversal e de aprendizagem para vida, onde mistura estes conceitos que são cada vez mais emergentes”.

A vereadora do pelouro do Ambiente, Sofia Ferreira, enalteceu a parceria com a Resinorte e ressalvou a importância do “investimento nas escolas” explicando que “é através da educação que se enriquecem e se concretiza a mudança nos nosso hábitos e comportamentos”. Na área do ambiente e da recolha de resíduos, Sofia Ferreira salientou o exemplo da implementação do sistema PAYT, reconhecido pela inovação nesta área, anunciando que este sistema será alargado em breve a outras zonas da cidade.

Ainda no âmbito da Campanha de Recolha Seletiva, será criado o Concurso “Separa e Ganha no Amarelo e Azul (Programa Eco Valor)”. Este concurso consiste numa competição entre as Escolas, sendo que todas as que atingirem o mínimo definido serão sempre premiadas. As escolas serão premiadas de acordo com as quantidades separadas para reciclar e haverá prémio para todas as escolas que atinjam o mínimo definido (70 sacos no amarelo e 1 tonelada de papel/cartão). Este concurso decorrerá de 15 de novembro a 31 de maio de 2019.

 

[ Formato Sapo.pt ]

 

[ Formato YouTube.com ]